Dissertação Argumentativa: estrutura, exemplo e dicas de como fazer

Conheça os requisitos básicos da estrutura de uma dissertação argumentativa.

Você realmente sabe escrever um texto argumentativo? A resposta para esta pergunta pode fazer a diferença entre alcançar uma meta ou ficar fora do planejamento de vida. Isso porque o texto dissertativo argumentativo é cobrado em diversas situações como processo classificatório ou até eliminatório.

A boa notícia é que trouxemos para você um guia completo explicando o que é uma dissertação argumentativa e como escrever um texto ideal.


O que é uma dissertação argumentativa

O texto dissertativo argumentativo é o mais conhecido, principalmente quando se trata da famosa redação escolar exigida na maioria dos vestibulares. Antes, porém, de falar sobre a estrutura, vamos ver como o dicionário Aurélio conceitua a dissertação argumentativa:

  • Dissertação: discurso, exposição ou exame minucioso sobre um assunto.
  • Argumentação: meio usado para persuadir, para tentar convencer alguém, fazendo com que esta pessoa mude de ponto de vista ou de maneira de agir.

A partir dos conceitos supracitados, podemos concluir que se trata de um texto que aborda minuciosamente um assunto com a intenção de converter o ponto de vista do leitor.

menina escrevendo no caderno

Como fazer um texto dissertativo argumentativo

Já parou para pensar que argumentamos todos os dias? Seja para escolher qual carro comprar ou para decidir entre almoçar ou lanchar. Estando duas pessoas com opiniões divergentes, inicia-se a argumentação.

O problema aparece na hora de formalizar na escrita o que tão naturalmente fazemos na comunicação oral. Como a escrita tem a característica de organizar um discurso em determinada estrutura, vamos entender como se constrói este gênero textual.

*Vídeo de Aula Livre

A estrutura da dissertação argumentativa

Mas o que é gênero textual? Vamos recorrer à “Gramática do Português Brasileiro do renomado professor e linguista Ataliba de Castilho (2012):

Toda e qualquer forma de manifestação do discurso produzida pelos falantes em uma determinada esfera social do uso da linguagem. Dado seu caráter social, o gênero é uma forma codificada historicamente por uma determinada cultura, visando a comunicação entre seus membros.

O gênero textual é a estrutura e as peculiaridades de abordagem de determinada categoria de texto. As receitas, por exemplo, possuem uma estrutura comum, assim como os ofícios, cartas, e-mails etc. são todos gêneros textuais.

A pergunta é: Qual a estrutura da dissertação argumentativa?

Muito simples, como qualquer texto, este possui um início, um meio e um fim, veja a seguir:

Introdução (tese)
 Desenvolvimento (Problematização e argumentação)
Conclusão (intervenção/proposta de solução)

A introdução da dissertação argumentativa

Iniciar um texto é sempre um desafio! Mas existem caminhos que facilitam essa missão. Um deles é fazer uma pergunta

Por que esse é o meu posicionamento?

A resposta para esta pergunta servirá perfeitamente como o início ideal de um texto argumentativo, onde uma tese será apresentada de forma clara e objetiva.

O desenvolvimento da dissertação argumentativa

Após apresentar o assunto e esclarecer o posicionamento, será necessário escrever o desenvolvimento. Uma forma segura será dividindo em duas partes: problematização e argumentação.

Problematização

Imagine-se chegando ao seu marido, esposa, pai, mãe ou alguém próximo, que ajuda nas despesas da sua casa, com a missão de convencer a trocar de carro.

Qualquer pessoa, mediante esse desafio, começa mostrando o porquê o veículo atual deve ser substituído. Sendo assim, você certamente mostraria todos os problemas do veículo, como a autonomia, a depreciação do motor e das peças, a falta de conforto e espaço…

Essa situação exemplifica o próximo passo, que é mostrar o(s) problema(s) do assunto em questão. Para isso, responda à seguinte pergunta:

Por que esse assunto representa um problema para a sociedade atualmente?

Perceba que foram utilizadas as palavras sociedade e atualmente. Isso porque qualquer texto dissertativo argumentativo não é de interesse individual, uma vez que para argumentar é necessário existir dois pontos de vista discordantes.

Atualmente porque não tem sentido debater um assunto finalizado, concorda?

A problematização é muito importante, pois serve para provar para o leitor que o texto é relevante ou seja, que vale a pena ser lido.

Argumentação

Chegamos na parte mais importante do texto, afinal é um texto argumentativo!

Como mencionado anteriormente, é um texto que se utiliza de recursos para para persuadir o leitor, com a intenção de convencer, mudar a perspectiva de alguém sobre um ponto crítico de pensamento.

Sendo assim, é também, geralmente, a maior parte do texto. Veja a seguir as três perguntas  serem respondidas.

Quais os argumentos que fundamentam a minha tese?

Note a relação entre esta parte com a tese. Considerando ser a tese a primeira parte do texto, nela está o posicionamento. Aqui são apresentados argumentos que darão sentido ao ponto de vista apresentado.

Os argumentos podem ser:

 Dados
Citações
 Leitura de gráficos
Teorias
Argumentos de lógica

O site Ciberduvidas da Língua Portuguesa esclarece que os argumentos podem ser quase lógicos, baseados na estrutura do real, fundadores da estrutura do real e por dissociação.

A conclusão da dissertação argumentativa

Concluir qualquer assunto exige muito cuidado. Principalmente quando se trata de um texto argumentativo em que, por se tomar um partido, deve-se também apresentar uma sugestão para solucionar o problema que foi levantado no texto.

Por isso, a pergunta cuja resposta é ideal para se concluir um texto é:

Qual a minha proposta para solucionar o problema?

Perceba a relação que a conclusão mantém com a problematização, assim como a argumentação se relaciona diretamente com a tese (introdução) do texto.

Resumindo…

Estrutura texto argumentativo
Estrutura

Este é apenas um método dentre tantos que existem para qualquer produção textual de uma dissertação argumentativa.

A dissertação argumentativa serve apenas para escrever redação?

Aprender a argumentar em uma dissertação é útil para além da tradicional redação escolar, uma vez que servirá também para quaisquer outros contextos em que a argumentação é fundamental, seja oral (debates, negociações, discursos) ou escrito.

Para fazer um projeto acadêmico, por exemplo, é fundamental, em certo ponto, apresentar argumentos, problematizar e concluir.

Aspectos gerais do seu texto argumentativo dissertativo

Não se esqueça que para produzir um texto fluido, é necessário conhecer e aplicar os aspectos de textualidade. Veja abaixo oito deles:

  1. Coesão
  2. Coerência
  3. Linearidade
  4. Clareza
  5. Concisão
  6. Objetividade
  7. Informatividade
  8. Correção gramatical

Este é o texto perfeito…

… e certamente a partir de todas as informações contidas neste artigo, você poderá começar a escrever a sua dissertação argumentativa com maior propriedade. Lembre-se que o importante é apresentar um texto tão bom que sirva para o leitor como razão para prosseguir a leitura.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEMANA DO TCC: Aulas online GRÁTIS!

Nesta semana mostrarei Como fazer um Projeto de Pesquisa do Inicio ao Fim. Custe o que custar! Vagas limitadas