Referências Vancouver: veja como fazer, exemplo e dicas para não errar

O estilo de formatação Vancouver foi determinado pelo ICMJE (Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas) e segue com base no padrão de normas técnicas ANSI para se adaptar aos padrões da U.S National Library of Medicine. As normas técnicas Vancouver são extremamente importantes de serem compreendidas e trabalhadas de forma correta onde elas forem cobradas, como em universidades, revistas, jornais, etc.

Neste post, vamos falar mais sobre as normas Vancouver e como fazer referências bibliográficas normas Vancouver de um modo geral!

De onde surgiu a norma Vancouver?

Durante um evento de editores de revistas internacionais realizado em 1978 em Vancouver, Canadá, deu-se início ao importante conjunto de normas técnicas utilizados até os dias de hoje conhecido como Normas Vancouver. Os editores reunidos representavam importantes revistas médicas e se encontraram em Vancouver com o objetivo de estabelecer uma padronização nas diretrizes quanto a formatação das citações e referências bibliográficas lançadas pelas revistas. Os editores reunidos chegaram a um consenso que o padrão determinado deveria oferecer distribuição de relatos ligados aos assuntos da área médica com mais precisão, clareza e uniformidade.

Esse padrão ficou bastante conhecido entre os editores do mundo todo enquanto ainda estava sendo elaborado, principalmente por editores de revistas médicas em todo o mundo, e passou a ser conhecido como Grupo de Vancouver. No ano seguinte, 1979, o novo padrão de normas técnicas voltado para publicações da área médica foi apresentado ao mundo, padrão que durante um ano após a primeira reunião foi finalmente elaborado.

O novo padrão de normas técnicas quanto a publicações da área médica, formatos, referências bibliográficas, lançou definitivamente o conjunto de normas aprovado pela: NLM (National Library of Medicine) e pela ICMJE (International Committee of Medical Journal Editors).

Citações Vancouver

Antes de falarmos mais sobre a forma como as referências bibliográficas deverão ser utilizadas no conjunto de Normas Vancouver, é importante darmos uma pincelada sobre os principais pontos quanto as regras de citação. Nesse caso, é necessário falar sobre alguns pontos essenciais que não podem passar despercebidos na hora de citar no estilo Vancouver. Só assim as regras quanto as referências poderão fluir de forma correta. Veja como fazer Citação nas normas Vancouver: TCC, tese e trabalhos

Como sabemos, nas citações Vancouver, as citações devem ser numeradas em uma ordem crescente conforme vão surgindo no artigo.

  • As referências deverão ser identificadas, assim como tabelas e legendas sempre com algarismos arábicos em ordem crescente conforme vão surgindo no desenvolvimento do texto. Todas as referências citadas deverão seguir o padrão de ordenação da primeira referência.
  • Não é aconselhado fazer a utilização de resumos como referências. Caso você faça a referência de um artigo citado que ainda não foi publicado, essas referências deverão ser no formato “preste a ser publicado” ou “no prelo”.
  • Todos os autores devem ter permissão assinada por escrito de um autor do artigo citado que ainda não foi publicado.
  • Também é importante em citações Vancouver que um manuscrito que ainda não foi aceito e citado em um texto apareça na forma “comunicação pessoal”, sempre com a autorização por escrito da fonte do manuscrito.
  • Tenha cuidado para citar uma comunicação pessoal e somente faça isso, se ela tiver informações relevantes que não foram disponibilizadas em fontes públicas ou não existam em nenhum documento não publicado.
  • Caso você utilize “citação pessoal” com Vancouver, o nome da pessoa que está citando e a data em que a citação foi incluída no corpo do texto deverão aparecer entre parênteses. Já em artigos científicos, é necessário que os autores tenham a permissão por escrito e a confirmação da fonte de “comunicação pessoal” feita em uma publicação com Vancouver.
  • Todas as referências deverão ser verificadas junto aos autores em comparação com os documentos originais citados, não sendo tolerado erros quanto a isso.
  • A fonte original de uma citação deve prevalecer, e se for utilizado a citação de uma fonte original feita de forma pessoal por outro autor, então, a fonte original torna-se a citação pessoal.
  • O idioma que o autor utilizar em seu texto deve ser mantido nas citações em tradução direta quando a fonte original está em outra língua.

Regras para Referências bibliográficas Vancouver

  • Uma referência deve indicar um autor, entidade ou um grupo de autores ou entidades. Quando não for possível indicá-los, utiliza-se o título.
  • As referências bibliográficas deverão aparecer no final do trabalho em formato de lista ordenada conforme as citações foram surgindo no corpo do texto e numeradas em ordem crescente, conforme visto no tópico acima.
  • todas as referências deverão ser alinhadas à margem esquerda, com espaço simples e em seguida, separados entre si por meio de um espaço duplo.
  • É necessário dar um espaço após ponto, após dois pontos e logo após a vírgula.
  • O nome da editora e a data deverão ser separados por ponto e vírgula nas referências Vancouver (;).
  • Caso uma referência passe a ocupar mais de uma linha, é necessário que ela seja reiniciada novamente em outra linha.
referência vancouver exemplo
Veja todas as regras em: http://www.abenmt.org.br/VancouverNormas-2017.pdf

Referências bibliográficas Normas Vancouver

Normas para citar entre um e seis autores – Quando um determinado documento apresentar até seis autores simultaneamente, é possível fazer a citação de todos esses autores sem problema algum.

Normas para citar mais de seis autores simultaneamente – Já em um documento que possui mais de seis autores simultaneamente, você deve fazer a citação dos seis primeiros autores seguindo ordem alfabética e após o sexto nome utilizar “et al“.

Referenciar um documento sem autoria – Se um documento utilizado para embasar um trabalho científico ou acadêmico for utilizado e não tiver autor conhecido, você deverá fazer a referência bibliográfica pelo título do documento.

Referenciar editores compiladores com o autor do documento – Em um documento que foi utilizado como referência possuir somente os nomes dos editores ou compiladores, a referência bibliográfica deve iniciar a partir do nome.

Organizações e Entidades – Quando um autor é uma organização ou entidade, essa organização ou entidade será autora do documento e deverá aparecer nas referências bibliográficas.

Devem ser feitas referências de um autor partindo primeiramente pelo sobrenome com a primeira letra em maiúsculo – Em seguida, o nome deve aparecer abreviado com ou sem o uso de ponto, dois pontos, vírgula, ponto e vírgula ou qualquer sinal gráfico. Exemplo: Holly J.

referências vancouver

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEMANA DO TCC: Aulas online GRÁTIS!

Nesta semana mostrarei Como fazer um Projeto de Pesquisa do Inicio ao Fim. Custe o que custar! Vagas limitadas