Resumo Indicativo: como fazer, ABNT e modelo de exemplo

O resumo indicativo é um elemento utilizado em diferentes trabalhos acadêmicos para proporcionar informações descritivas sobre o texto sem grande aprofundamento no tema. Diferente de vários tipos de resumos que existem, o resumo indicativo não dispensa a leitura do conteúdo original.

Quer aprender a fazer um resumo indicativo? Veja neste post o que é resumo indicativo, como fazer um e todas as características desse tipo de texto. Confira tudo isso a seguir.

O que é resumo indicativo?

O resumo indicativo é uma produção textual que tem como objetivo resumir as informações mais importantes do texto de forma descritiva. Por essas características, o resumo indicativo é muito parecido com um sumário narrativo, pois, ele não apresenta dados quantitativos e qualitativos.

Isso significa que ao ler um resumo indicativo, é necessário ler o conteúdo original, pois, as informações ali contidas serão muito vagas. O resumo indicativo apenas aponta de forma descritiva os itens que serão encontrados no texto, sem dispensar a leitura do conteúdo original ou detalhar os assuntos do trabalho.

exemplo de resumo indicativo

Como fazer um resumo indicativo?

Considerando que um resumo indicativo precisa ser direto, sucinto e claro, ao elaborar essa produção textual você deverá ter esses cuidados. Lembre-se, o resumo indicativo é diferente da maioria dos resumos, por isso, você deve ter cuidado para não passar informações demais ou tornar essas informações difíceis de serem compreendidas.

O equilíbrio entre ser sucinto e informativo é bastante importante. Por isso, preparamos um guia com um passo a passo completo de como fazer um resumo indicativo do início ao fim. Confira!

  1. Para resumir, é preciso ler e entender tudo que foi dito no trabalho acadêmico. Por isso, o primeiro passo para escrever um bom resumo é ler todo o conteúdo do seu trabalho acadêmico. Durante essa leitura, você também deverá anotar pontos importantes, compreender a ideia principal do trabalho, identificar aspectos que precisam ser mencionados no resumo e anotar essas informações.
  2. Agora que você já leu todo o trabalho, é preciso fazer mais anotações sobre o que foi entendido nesta leitura. Faça com que as seções do trabalho e suas subseções sejam resumidas corretamente, considerando os aspectos abordados em cada um deles.
  3. Comece a escrever seu resumo indicativo utilizando uma linguagem simples, porém, objetiva, direta, clara e sucinta. Por ser um resumo indicativo, a linguagem deve ser algo de grande importância, pois, esse tipo de texto precisa ser um resumo totalmente descritivo.
  4. Revise seu resumo observando se as informações fornecidas são apenas descritivas, se as frases foram bem colocadas, se as palavras utilizadas expressam com clareza e objetividade o assunto do seu trabalho acadêmico, e claro, não se esqueça de revisar toda a parte ortográfica e a gramática do resumo indicativo.

Perceba que todas essas dicas se aplicam a qualquer tipo de resumo, pois, o mais importante é que você consiga informar neste texto os principais pontos abordados em seu trabalho acadêmico. Mas para fazer um resumo perfeito, veja outras 3 dicas que preparamos para você!

1. Generalize para reduzir informações

Um resumo deve ser sempre uma descrição de informações, porém, com objetividade. Isso significa que não é interessante detalhar informações no resumo, criar listas, apresentar todos os dados do trabalho, entre outras informações que expressam o conteúdo original. O ideal é que o resumo apresente apenas os conceitos mais importantes do trabalho, sem detalhar demais.

Nesse quesito, é interessante generalizar alguns termos para reduzir as informações que são passadas no texto. Por exemplo: “A couve, alface, espinafre, acelga e outras hortaliças de folhas verdes oferecem nutrientes fundamentais para uma alimentação saudável”, pode ser resumida em “Hortaliças de folhas verdes oferecem nutrientes fundamentais para uma alimentação saudável”.

2. Retire informações desnecessárias

Após terminar seu resumo indicativo, você deverá passar pelo processo de revisão conforme já mencionado anteriormente. Nesse processo, também é importante que você retire informações desnecessárias, caso tenha colocado essas informações no texto. Tenha o cuidado de tornar a explicação mais simples e direta possível, sem exceder na quantidade de palavras, termos ou frases que não agregam em nada ao leitor.

Por exemplo: “As hortaliças de folhas verdes, assim como todas as variedades de legumes, frutas e até mesmo hortaliças de outras colorações, são nutritivas e saudáveis”, pode ser resumida em “Todos os vegetais são nutritivos e saudáveis”.

3. Substituir sequência de fatos

Em muitos casos, a sequência de fatos é algo necessário para uma boa explicação do assunto. Considerando que um resumo não deve oferecer todos os detalhes do conteúdo original, é importante ter o cuidado de não informar demais ao fazer uma sequência de fatos. Por isso, é indicado substituir as informações utilizando apenas o fato principal que dará o direcionamento necessário para a elaboração do resumo.

Por exemplo: “As hortaliças orgânicas são semeadas, regadas, adubadas e colhidas sem adição de qualquer aditivo químico”, pode ser resumida em “As hortaliças orgânicas são produzidas sem adição de qualquer aditivo químico”.

Fonte: Esivaldo Idalino

Características do resumo indicativo

Já mencionamos que o resumo indicativo é um texto bastante descritivo, objetivo e que precisa ser escrito de forma sucinta. Porém, há mais características que merecem ser destacadas sobre o resumo indicativo. Veja a seguir um resumo muito útil para a elaboração do seu resumo indicativo:

  • Esse tipo de texto deve ser escrito em poucos parágrafos, entre 3 e 5 no total;
  • As palavras e frases formadas no resumo indicativo devem ser bastante objetivas;
  • Dados e informações adicionais não devem ser totalmente informados no resumo;
  • O resumo indicativo precisa descrever o conteúdo que virá a seguir, sem detalhar os assuntos abordados no trabalho;
  • É importante informar nome do autor, titulação, curso acadêmico e nome da instituição no resumo indicativo (exemplo: O trabalho “título” foi escrito por “autor” do curso “nome do curso” na instituição “nome da instituição” com o objetivo de…);
  • Esse tipo de texto deve ser escrito de forma semelhante a um sumário, porém, sem os números de páginas e os nomes de cada título, seção e subseção;
  • Para uma melhor objetividade do texto, é indicado ler e reler o resumo várias vezes até chegar a um texto que não precise de nenhuma modificação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *