Fichamento de Resumo

O fichamento de resumo é um modelo de escrita resumido, onde são resumidos um livro, um artigo, um texto retirado de jornal ou revista, ou qualquer texto. Utilizado como uma forma muito eficaz de estudo que uma pessoa pode adotar, o fichamento de resumo tem o poder de potencializar a pesquisa de um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), de uma monografia ou de qualquer trabalho no âmbito acadêmico e científico. Além da pesquisa, o método de resumo é extremamente eficiente para organizar a apresentação do TCC.

Neste post, vamos falar sobre o fichamento de resumo e como proceder com esse método em seus estudos, pesquisas, planejamentos e apresentações de trabalhos de suma importância. Aprenda como fazer um fichamento de resumo de forma simples, sem complicações e da maneira correta. Veja tudo isso a seguir!

exemplo de fichamento de resumo

O que é um fichamento de resumo?

O fichamento de resumo é um material extraído de uma pesquisa, que pode ser feita a partir de um livro, jornal, revista, site, dentre outras fontes. Esse método de estudo é mais utilizado em pesquisa bibliográfica quando um estudante ou pesquisador necessita levantar dados para um estudo. Quando o fichamento é bem feito, ele oferece ao estudante ou pesquisador uma assimilação bastante detalhada do conteúdo analisado. Esse é considerado um método de estudo muito eficiente para um armazenamento saudável de informações durante um processo intenso de pesquisa. Aprenda Como Fazer um Fichamento de um Texto

É possível fazer levantamentos de informações extremamente relevantes e organizadas sobre uma obra, de forma que, o fichamento desta obra irá mostrar na íntegra o que foi resumido. Você pode fazer o fichamento, por exemplo, somente de um capítulo do livro, fazendo isso na íntegra. Como o próprio nome diz, o fichamento é algo que deverá ser realizado com a utilização de fichas, e vamos mostrar isso mais adiante com um exemplo prático.

Como fazer um Fichamento de Resumo?

Para fazer um fichamento de resumo, é importante ter o primeiro contato com o texto que você deseja resumi-lo. Faça uma leitura breve para saber do que se trata o texto e como se situar diante do conteúdo que pretende resumir. O ideal é que você treine sua leitura dinâmica para saber mais o que está fazendo. Se você não tem esse “feeling” e sente dificuldade para fazer uma leitura rápida com confiança para partir para um resumo, então o mais aconselhado é você fazer uma leitura normal, com bastante calma, respeitando todas as passagens do texto.

Após uma impressão confiável sobre o texto que você pretende resumir, é aconselhado reforçar essa impressão fazendo mais algumas leituras do mesmo texto. Ao fazer isso, você juntará de forma concreta, informações relevantes para a organização do resumo. Conforme vai fazendo isso tudo, vai anotando pequenas citações resumidas sobre cada trecho importante com uma indicação de onde cada citação foi retirada.

Levando em consideração que suas ideias relevantes sobre o texto podem não ser as mesmas que outras pessoas que já leram o texto original têm, quando você terminar o fichamento do resumo, será fácil de observar que o resumo se trata de um novo texto sobre o assunto. Isso é o que acontece de um modo geral quando as pessoas fazem a leitura de uma mesma obra, pois, é um fato comprovado que cada uma delas terá uma interpretação diferente desta obra.

Desta forma, um resumo flui com características próprias do autor do resumo. O resumo irá valorizar os pontos intrínsecos de cada trecho e no final, terá um começo, meio e fim de uma forma original e resumida quando comparado com o texto original. Mas, até agora falamos bastante da ideia de resumo, então, vamos falar mais sobre o fichamento, do que se trata e como pode ser feito.

Fonte: Erick Souza NT

Fazendo um fichamento de resumo

O fichamento de resumo pode ser feito de forma manual escrito em fichas, podendo também ser escrito em um simples bloco de anotações, seja em papel ou no computador. Não existe mistérios quanto a isso, pois, como já falamos, o maior desafio é a pessoa saber ler e interpretar bem o texto original e anotar os pontos relevantes de forma a contextualizar cronologicamente com o resumo. Quando dizemos cronologicamente, é no sentido do início para o final. Parece óbvio dizer isso, mas ao organizar um resumo, é comum que as pessoas acabem misturando uma ideia relativa ao terceiro capítulo de um livro logo no início, por exemplo.

Se você conseguir contextualizar tudo isso, então sim, é possível iniciar seu fichamento de resumo começando pelo terceiro capítulo ou de qualquer outro trecho, pois, como já dissemos, o resumo será um texto novo e original baseado em um texto maior. Para quem tem dificuldade quanto a isso, mais uma vez reforçamos: siga uma ordem cronológica em relação ao texto original para não se perder em suas ideias!

Normas ABNT para fichamento de resumo

Importante lembrar que cada instituição possui suas próprias regras e normas para o desenvolvimento de fichamentos. Antes de começar o seu, leia todas as informações e dicas da sua instituição.

Fonte: Erick Souza NT

Tipos de fichamento de resumo

Um fichamento de resumo se concentra na interpretação do autor do resumo em relação a obra, apresentando seu próprio desenvolvimento lógico de suas ideias. O fichamento é um documento de responsabilidade do autor do resumo, que traz do seu ponto de vista as justificativas, fundamentação e contextualização.

Exemplos dos tipos de fichamento de resumo:

Fichamento de Conteúdo

Assunto: O nível de educação no Brasil: esboço de uma problemática que há décadas tornou-se um grande problema (p. 32-55). Capítulo 1
Fonte: MALAQUIAS, Tadeu. Saberes docentes para a formação profissional de educadores no Brasil. 16. ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2016.
Esse trabalho é um dos mais completos elaborados sobre o assunto, e responde a um dos conteúdos mais ricos no âmbito de pesquisa sociológica sobre a educação no país. O autor da obra baseia-se em um estudo que teve início na década de 80, com a preocupação dos dados científicos e com base nos conhecimentos dos professores avaliados no estudo. O autor divide o primeiro capítulo em partes importantes, totalizando três partes. Na primeira parte, fala-se sobre a pluralidade, na segunda fala-se sobre a visão dos educadores, e na terceira parte, o autor aborda conclusões preliminares. Malaquias também deixa claro que o conhecimento do docente é constituído dos seguintes aspectos: saberes profissionais, domínio da disciplina e as experiências que agregam em seu currículo.

Fichamento de Citação

Assunto: O nível de educação no Brasil: esboço de uma problemática que há décadas tornou-se um grande problema (p. 32-55). Capítulo 1
Fonte: MALAQUIAS, Tadeu. Saberes docentes para a formação profissional de educadores no Brasil. 16. ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2016.
“podemos chamar o conhecimento profissional com saberes transmitidos por universidades, faculdades, escolas e toda instituição de ensino que se preocupa com isso” (p. 33).

Fichamento Bibliográfico

Assunto: O nível de educação no Brasil: esboço de uma problemática que há décadas tornou-se um grande problema (p. 32-55). Capítulo 1
Fonte: MALAQUIAS, Tadeu. Saberes docentes para a formação profissional de educadores no Brasil. 16. ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2016.
Essa obra é relativa ao campo de pesquisa educacional focado na formação de profissionais competentes. O autor discute temas importantes e aborda de forma científica e analítica o estudo realizado…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *