Pesquisa Ação: entenda o que é, metodologia, dicas e exemplos

A pesquisa-ação é um instrumento de análise de sistema ou de sistemas de informação. Ela é aplicada em áreas onde há esse tipo de análise, devendo ser elaborada pelo estudante na própria instituição de ensino. Esse tipo de trabalho acadêmico é solicitado raramente aos estudantes, mas algumas instituições de ensino têm como parte da grade de estudo a pesquisa-ação em torno do desenvolvimento de sistemas. Veja dicas de como definir o tipo de pesquisa para o seu TCC

A instituição de ensino pediu a pesquisa-ação e você não sabe por onde começar? Não se preocupe, nós te ajudamos a fazer sua pesquisa-ação. Veja a seguir tudo que você precisa saber sobre o que é pesquisa-ação, como fazer e várias dicas práticas. Problema de Pesquisa: dicas de como formular, exemplos em TCC

O que é pesquisa-ação?

Como já mencionamos, a pesquisa-ação é um tipo de estudo que tem como objetivo obter resultados através de testes. Embora o objetivo seja obter e mostrar esses resultados, o estudo não será aplicado em nenhum lugar. Além do teste, é comum que o estudante tenha que desenvolver um sistema para a pesquisa-ação.

Os teste de pesquisa-ação quase sempre são feitos no laboratório da própria instituição, mas é preciso consultar essa e outras regras disponibilizadas por cada universidade. Outra particularidade da pesquisa-ação é que o nome da instituição ou do diretor poderá aparecer na pesquisa-ação, por isso, o estudante precisa pedir autorização para utilizar esses nomes. Como Fazer um Projeto de Pesquisa: sugestões e dicas, ABNT, estrutura e modelo

Mas de forma mais resumida, a pesquisa-ação é um teste investigativo que tem como objetivo obter resultados a partir de uma autorreflexão coletiva. Por isso, toda pesquisa-ação conta com colaborações de pesquisadores e pesquisados. Além dos resultados, os testes da pesquisa-ação visam aprimorar qualquer prática de forma contínua, sistemática e empírica.

A pesquisa-ação possibilita que o pesquisador possa encontrar boas soluções para problemas sociais. Com os testes da pesquisa-ação, o pesquisador pode analisar e anunciar o objetivo da própria pesquisa, tendo como finalidade mobilizar e construir novos conhecimentos para os participantes do estudo. O estudo da pesquisa-ação ainda possibilita que o orientador do estudo tenha reflexões críticas e analíticas sobre as ações observadas na pesquisa.

Estrutura da Pesquisa-ação
Fonte: Scielo

Principais características da pesquisa-ação

Inicialmente, toda pesquisa-ação é feita de forma colaborativa, pois há uma troca de informações, resultados e testes entre especialistas, integrantes da pesquisa e práticos no assunto. Utilizando a pesquisa-ação, os integrantes do estudo podem analisar e refletir de forma crítica todas as soluções encontradas para solucionar determinado problema. Isso possibilita encontrar soluções e estratégias mais eficazes. Delineamento de Pesquisa: veja o que é, como fazer, tipos e para que serve

É com os dados da pesquisa-ação que professores e participantes do estudo poderão desenvolver uma análise criteriosa sobre a prática docente. Além disso, os resultados serão utilizados para o trabalho coletivo, considerando que esse estudo permite criar soluções que beneficiarão o público-alvo da pesquisa-ação.

Mesmo com os resultados comprovados, os envolvidos com esse estudo precisam ter uma certa flexibilidade em aceitar determinados pontos de vista abordados pelos participantes do estudo. Isso é fundamental para que os resultados possam acontecer considerando variáveis e eventos não previstos.

Processo da pesquisa-ação

Por ser um teste constituído por análise de resultados, é fundamental que a pesquisa-ação seja desenvolvida através de processos específicos. Esses processos são comumente chamados de espiral de reflexão e ação, sendo os principais pilares para a execução da pesquisa-ação. Veja a seguir cada um dos processos da pesquisa-ação:

  • Investigação e diagnóstico de um problema ou situação prática que precisa ser resolvido ou melhorado;
  • Elaboração de estratégias de ação para solucionar o problema ou melhorar a situação relatada;
  • Desenvolvimento das estratégias e avaliação da eficiência de cada uma delas;
  • Ampliação do conhecimento sobre cada situação ou problema diagnosticado após implementação de estratégias;
  • Continuação dos mesmos passos até o desenvolvimento de novas situações práticas ou soluções para o problema.

Como fazer pesquisa-ação e dicas

A metodologia de pesquisa-ação é indicado para os estudos onde não haverá aplicações práticas externamente. Isso significa que o teste e os resultados serão apenas analisados pela instituição de ensino, por isso, os estudantes precisarão utilizar ambientes disponibilizados pela instituição para o desenvolvimento dos testes.

Para fazer sua pesquisa-ação, você precisará seguir os processos que já mencionamos de forma sistemática. Além disso, separamos algumas dicas para te ajudar nessa elaboração. Confira todas elas a seguir.

*Vídeo de Prof. Ivan Guedes

1. Defina os problemas

Antes de partir para as possíveis soluções, você precisa conhecer os problemas que serão solucionados. A melhor forma de conhecê-los é aplicando as situações práticas mais comuns e coletando os resultados de cada uma delas.

Estude as situações práticas que já existem e detalhe os aspectos que precisam ser corrigidos de acordo com os problemas que você observou. Anote todas essas informações, pois elas serão de suma importância para as próximas etapas.

2. Elabore estratégias

Sabendo dos problemas que você precisa solucionar ou das melhorias que devem ser feitas em uma situação prática, comece a elaborar as estratégias que poderão ajudar a solucionar ou melhorar todos os aspectos que foram diagnosticados na etapa anterior.

Neste momento, é interessante que você considere diversas possibilidades. Ser criativo nesta questão é fundamental, considerando que as metodologias já existentes não são tão eficientes. Você também deve analisar as metodologias que são aplicadas comumente e tentar aplicar melhorias que poderão resultar em maior eficiência.

3. Anote todos os dados

O mais importante de qualquer estudo é os dados obtidos. Para a pesquisa-ação, os dados dos resultados e de todos os testes são os principais elementos do estudo, considerando que eles serão analisados por sua instituição. Neste caso, tenha todos esses dados listados de forma organizada em cada uma das etapas da pesquisa-ação. Manter a organização e a fluidez das informações descritas em sua pesquisa-ação é primordial.

Exemplo de pesquisa-ação

Caso você ainda não tenha entendido como poderá fazer uma pesquisa-ação sobre determinado tema, separamos alguns exemplos de pesquisa-ação:

  1. Identificar o padrão de crescimento de tomates a partir de compostos orgânicos;
  2. Descobrir quantos metros uma abelha operária voa longe da abelha rainha;
  3. Conhecer os padrões comportamentais que levam a más decisões financeiras;
  4. Solucionar problemas de gestão causadas por erros humanos;
  5. Melhorar situações práticas em ambientes industriais onde há trabalho humano envolvido.

Pós e MBA à distância

Você quer fazer uma pós ou MBA em uma das melhores instituições de ensino do Brasil? 
Separamos para você os melhores cursos à distância da PUCRS. Todos os cursos são reconhecidos pelo MEC e com certificado.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEMANA DO TCC: Aulas online GRÁTIS!

Nesta semana mostrarei Como fazer um Projeto de Pesquisa do Inicio ao Fim. Custe o que custar! Vagas limitadas