Pesquisa Científica: metodologia, tipos, exemplos, sugestões de como fazer

Hangout 100% grátis, aprenda como fazer o seu TCC em apenas 7 dias e sem complicações. Aula Gratuita

Pesquisa científica é a aplicação prática por parte de um pesquisador, de processos de investigação padrão, para o desenvolvimento de determinado estudo.

livros sobre a mesa

 

Características da pesquisa científica

Ao pensar em como realizar uma pesquisa científica, tenha em mente que ela tem por característica principal ser uma investigação muito disciplinada.

Esta investigação é baseada em regras específicas acerca dos procedimentos para adquirir as informações necessárias.

A pesquisa científica é baseada sempre em um conjunto padrão de procedimentos, objetivando encontrar respostas para determinadas  questões previamente selecionadas ou propostas para o desenvolvimento de um  estudo.

As normas da ABNT para trabalhos acadêmicos sempre orientam que ao realizar uma pesquisa científica, o condutor desta investigação (acadêmico, professor, cientista, pesquisador…) deve escolher uma temática que possibilite avanços científicos, produzindo novos conhecimentos, numa abordagem inovadora.

Existem vários tipos de pesquisas científicas, mas em geral os acadêmicos não sabem disso.

O que é a pesquisa científica, senão uma ferramenta de estudos da para a descoberta de novos conhecimentos.

Além da descoberta de conhecimentos inovadores, ou mesmo de reavaliação de conhecimentos antigos,  ao realizar uma pesquisa científica a pessoa também deve refletir se o estudo é relevante para a comunidade científica ou a sociedade como um todo.

Lembre-se sempre que ao optar pela realização de uma pesquisa científica você deve assumir um compromisso sério com cada etapa do trabalho, para que ao final ele possa ser divulgado e publicado, contribuindo assim para produção de conhecimento científico.

 

Como realizar uma pesquisa científica?

Para realizar uma pesquisa científica, em primeiro lugar, é necessário compreender como a pesquisa é articulada.

Uma pesquisa científica é composta por três eixos: Ruptura; Construção; Constatação.

Estes eixos são intimamente ligados e podem, até devem, ocorrer mais de uma vez durante o processo de pesquisa. Vamos explicar cada uma delas:

  1. Ruptura: Cada pessoa leva em si prévios conhecimentos teóricos que podem sim ser considerados ardis durante a pesquisa, já que nossas ideias tendem a se inspirar em tendências, ou mesmo em gostos pessoais. Portanto, é necessário a ruptura com preconceitos para construir uma pesquisa sólida e confiável.
  2. Construção: A parte teórica é fundamental para a construção das propostas e dos planos de pesquisa. Dependem da teoria também a previsão de resultados e definição dos passos a serem seguidos. Da construção provém propostas válidas e confiáveis.
  3. Constatação: A proposta só pode ser considerada científica quando é avaliada por informações reais e concretas. A constatação também não deixa de ser um experimento, um teste.

Após o entendimento destas partes, vamos passar para as etapas da pesquisa científica.

*Vídeo publicado por Eu Quero Biologia

 

As etapas da pesquisa científica

  1. Questão norteadora: nesta etapa o pesquisador faz a formulação da questão que o auxiliará a estudar o fenômeno. Esta questão deve ser de cunho realista, formulada objetivamente e sem ambiguidades, para fundamentar as descobertas provenientes do estudo.
  2. Exploração do tema: pode ser feita por meio de duas maneiras: coleta de dados ou leitura. Se for escolhida a leitura, escolha sempre fontes confiáveis, que apresentem dados concretos e que tenham seguido métodos científicos na elaboração. Faça fichamentos durante a leitura, compare informações e analise os mais diversos pontos de vista sobre o assunto. Se você optar por coleta de informações, faça-a por meio de entrevistas, análise de documentos e observações dirigidas.
  3. Problematização: é a interrogação que dará norte à pesquisa, já que ela visa responder uma pergunta. Aqui temos dicas de problematização do TCC para lhe auxiliar. A problemática pode ser desenvolvida evidenciando e comparando características, ou escolhendo e explicando a problemática com conhecimento de causa, evitando o “achismo”. Lembre-se de avaliar se a problematização já foi explorada por outras pesquisas, bem como ideias-chave e conceitos, além de metodologias que serão utilizadas.
  4. Construindo o modelo de análise: esta etapa envolve hipóteses ou questões referentes ao estudo, que surgiram a partir da definição do problema. As respostas possíveis também surgem nesta etapa, porém, devem ser avaliadas constantemente ao longo do trabalho. Temos sugestões para lhe auxiliar na hipótese também, caso tenha dúvidas na elaboração.
  5. Coleta de Dados: aqui você fará a coleta de informações que serão confrontadas com o modelo e a análise. Selecione os dados úteis para testar a hipótese, escolher o campo de análise e o tipo, qualitativa ou quantitativa. Por fim, elege-se o instrumento de coleta (questionários, entrevistas ou observações).Importante que você saiba que esta etapa não serve apenas para uma simples coleta de informações, já que estas informações auxiliarão pesquisados em todas as etapas da pesquisa.
  6. Análise de informações: Nesse ponto ocorre a observação das informações coletadas e se estas correspondem aos resultados previamente definidos na problematização e nas hipóteses. Caso hajam disparidades, é necessária uma reformulação ou adequação das hipóteses. Ou mesmo do problema.
  7. Conclusões: como o nome diz, nesta parte serão apresentadas as conclusões da pesquisa, os comentários sobre os resultados obtidos, mostrando as descobertas, o teste das hipóteses, etc… Apresente as vantagens que seu trabalho agregou para o meio acadêmico e se ele teve relação satisfatória entre teoria e prática.

 

Metodologias por grandes instituições

 

Tipos de pesquisa científica

São vários os tipos de pesquisa científica, cada um possui uma função definida. Vamos conhecer cada um deles:

  • Trabalho Científico: Seu foco principal é a descoberta de novos conhecimentos para a sociedade. É necessário que ele apresente resultados ou informações inovadoras que contribuam para o progresso do meio científico e/ou acadêmico.
  • Resumo: o objetivo desse tipo de pesquisa é a aprendizagem, sem inserção de conhecimentos novos. São utilizados dados de trabalhos publicados anteriormente. Tais dados são analisados e avaliados cuidadosamente, finalizando com tabulação de dados.
  • Pesquisa Documental: utiliza como fonte de pesquisa materiais como: testamentos, compêndio de leis, gravações, registros de nascimento e óbito, fotografias, entre outros.
  • Pesquisa Bibliográfica: utiliza fontes secundárias de informação: livros, artigos, revistas e artigos científicos.
  • Pesquisa de Campo: este tipo de pesquisa faz a utilização de dados coletados em local pré-determinado que apresentem conteúdo de alta relevância para o objeto de pesquisa.
  • Pesquisa Exploratória: pretende colher informações sobre determinado fenômeno ou assunto. É considerada como um estudo inicial para a realização de um outro estudo de maior aprofundamento.
  • Pesquisa Laboratorial: Inicia-se esta pesquisa analisando coletados em laboratório, pois o pesquisador tenta produzir ou reproduzir determinado fenômeno em condições controladas, utilizando instrumentos específicos para este fim.
  • Pesquisa Quantitativa: pretende realizar uma análise de resultados. Para isto, utiliza estatísticas, porcentagens, médias, coeficientes, etc…
  • Pesquisa Qualitativa: esta pesquisa é elencada quando o objeto do estudo é algo impossível de mensurar através de algarismos ou porcentagens. Geralmente usadas para questões de caráter subjetivo como por exemplo: comportamentos, opiniões, atitude de indivíduos.
  • Pesquisa Descritiva: objetiva descrever fenômenos ou estabelecer relações entre variáveis. O pesquisador observa, registra, analisa e interpreta o fenômeno estudado.
  • Pesquisa Explicativa: o foco aqui é entender o que faz com que determinado fenômeno aconteça e procura explicar as razões e causas dessa ocorrência.

Como você pode perceber, a pesquisa científica é a base. As normas da ABNT para trabalhos acadêmicos corrobora isto.

Em nosso site, Projeto Acadêmico, você encontra mais informações sobre TCC e outras questões também.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

logo abnt

Quer um modelo de TCC com as normas ABNT já configuradas?

Modelo já com todas as configurações ABNT. Baixe agora >>