Pesquisa Experimental: entenda o que é, o conceito, exemplo e dicas

Você sabe qual tipo de pesquisa utilizar para colher resultados para o seu TCC? Já conhece o método de pesquisa experimental? Saiba aqui tudo sobre como é realizada essa pesquisa e os meios utilizados para isso!

O trabalho de conclusão de curso é um dos projetos desenvolvidos mais importantes na vida acadêmica de um aluno do ensino superior; uma das partes essenciais deste projeto é a pesquisa realizada para descobrir mais sobre o tema escolhido.

Neste artigo será abordado um tipo de pesquisa específico, mais utilizado em trabalhos científicos, o experimental, que possui uma abordagem e aspectos mais dedutivo por meio da observação do objeto de pesquisa.

 

O que é uma pesquisa experimental?

Existem tipos de pesquisa que auxiliam o estudante na hora de executar essa parte do trabalho acadêmico, sendo alguns deles:

  • Pesquisa com abordagem e apresentação de resultados quantitativos;
  • Pesquisa com abordagem e apresentação de resultados qualitativos;
  • Técnicas de observação;
  • Técnicas experimentais ou de experimentação.

Esse tipo de pesquisa, que utiliza técnicas experimentais, se baseia praticamente por meio da tentativa e erro, pois com o andamento do trabalho acadêmico são feitas novas pesquisas e experimentos de forma a testar alterações nos dados e variáveis testados.

É conhecida também como pesquisa laboratorial, onde são realizados medições e testes de forma incansável a fim de obter todas as informações possíveis sobre o tema em questão que está sendo estudado.

Seu objetivo principal é compreender os motivos e causas que foram responsáveis por um determinado fenômeno ligado ao seu objeto de estudo.

No método de pesquisa experimental, o aluno que assume o papel de pesquisador, se torna totalmente ativo e se envolve com o tema que está estudando.

Para a realização e desenvolvimento de uma pesquisa experimental é preciso que a mesma apresente algumas propriedades:

 

Manipulação

O aluno, no papel do pesquisador, precisa encontrar um meio de manipular diretamente pelo menos uma das propriedades e variáveis de seu elemento de estudo.

 

Controle

Assim como na manipulação, o estudante, ao realizar a sua pesquisa, deverá, de alguma forma, aplicar um controle em seu objeto de estudo, de forma a criar grupos de controles.

 

Distribuição aleatória

Após exercer a manipulação e o controle em alguns elementos de estudo, estes devem ser colocados e organizados aleatoriamente em grupos experimentais.

 

Como uma pesquisa científica é desenvolvida?

Essa é considerada uma das melhores e mais completas metodologias de pesquisa, pois possui por meio de suas técnicas de experimentação o poder de isolar as estruturas externas para que não haja nenhuma interferência no decorrer dos testes e medições.

Para que obtenha bons resultados geralmente ela é dividida em três grupos de experimentos, sendo eles:

  • Experimentos apenas depois da pesquisa sobre o fenômeno ou objeto de estudo, que expõe as diferenças e variações por meio de dois grupos comparativos;
  • Experimentos antes e depois, com apenas um grupo para análise, e que geralmente recebe algum tipo de estímulo por parte do pesquisador;
  • Experimentos antes e depois, porém antes de receber qualquer estímulo.

Os resultados da pesquisa científica podem se encaixar em determinados grupos e tipos de abordagem metodológica de pesquisa, tais como:

  1. Pesquisa exploratória: Este tipo de abordagem metodológica permite uma maior interação entre o autor e o tema que está sendo estudando, já que é realizada uma exploração de todos os fatos em que o objeto de estudo está envolvido. Requer uma pesquisa científica muito mais ampla para assim obter todos os resultados e informações desejadas.
  2. Pesquisa descritiva: É realizada uma profunda análise e descrição de um determinado fenômeno, a fim de proporcionar uma nova visão para o objeto de pesquisa.
  3. Pesquisa explicativa: Esta abordagem metodológica explica o porquê e as razões de determinado fenômeno ou problemática que envolve o tema estudado.

Para a perfeita realização de uma pesquisa, alguns passos também devem ser seguidos:

  1. Definir o contexto, ou seja, qual é o problema do tema e determinar quais são os objetivos e metas que precisam ser atingidos e alcançados para que haja uma perfeita e completa explicação do mesmo;
  2. Fazer um planejamento de quais serão os processos e análises a serem realizados;
  3. Executar a pesquisa de acordo com o planejamento realizado no passo anterior;
  4. Analisar os resultados obtidos após a execução da pesquisa, por meio de estatísticas;
  5. Apresentar os resultados obtidos sobre o objeto de estudo.

Os resultados de uma pesquisa experimental podem sofrer com algumas variáveis, confira abaixo:

 

Tipos de variáveis presentes na pesquisa experimental

Como brevemente citado acima, na pesquisa experimental existem 2 tipos de variáveis, podendo ser classificadas entre variáveis dependentes e variáveis independentes.

  • Variáveis dependentes: Neste tipo é determinada somente uma variável, a fim de medir os efeitos das mudanças do segundo grupo, as independentes.
  • Variáveis independentes: Aqui estão todas as variáveis que podem ser controladas ou manipuladas, essas possuem um efeito sobre o outro grupo.

 

Como elaborar essa seção corretamente e de acordo com as normas?

Assim como o restante do trabalho acadêmico, a parte das pesquisas que serão apresentadas no corpo do projeto principal, deverão estar de acordo com as normas exigidas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), a fim de que haja uma padronização e organização do mesmo.

As exigências propostas por essa instituição são detalhes importantes principais para a finalização de um trabalho de conclusão de curso; sem a aplicação dessas normas o mesmo não é aprovado.

Na apresentação de resultados em forma de gráficos ou tabelas, lembre-se de intitular todos os itens para que haja uma melhor identificação e compreensão do que está sendo apresentado e, nesse caso, esse título deverá ter como fonte a letra “Arial” no tamanho 14 e deverá estar negritado.

Para textos explicativos que acompanharão os elementos gráficos, ou qualquer outra forma de apresentação dos resultados escolhida, a fonte permanece a mesma, porém com o tamanho 12, com o alinhamento justificado e o espaço entre as palavras de 1,5 cm.

As margens devem ser personalizadas e configuradas para 3 cm nas partes superior e esquerda e 2 cm nas partes inferior e direita.

Essas são somente algumas das configurações básicas exigidas pela ABNT.

 

Onde encontrar um guia para te ajudar em seu TCC?

Na Projeto Acadêmico! Aqui você encontra os melhores e mais variados conteúdos capazes de te auxiliar a tirar nota 10 no seu TCC. Acesse e seja um aluno de destaque!

Pós e MBA à distância

Você quer fazer uma pós ou MBA em uma das melhores instituições de ensino do Brasil? 
Separamos para você os melhores cursos à distância da PUCRS. Todos os cursos são reconhecidos pelo MEC e com certificado.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEMANA DO TCC: Aulas online GRÁTIS!

Nesta semana mostrarei Como fazer um Projeto de Pesquisa do Inicio ao Fim. Custe o que custar! Vagas limitadas