Pesquisa Exploratória: exemplos, dicas, entenda o que é e como fazer

Aprender o que é pesquisa exploratória é de grande ajuda para o desenvolvimento da pesquisa e compreensão do objeto estudado.

Quando se trata de desenvolver uma pesquisa científica, há uma infinidade de métodos, abordagens, técnicas, estratégias. Ela pode receber diferentes classificações. Saber o que é pesquisa exploratória, por exemplo, faz toda a diferença para o entendimento da pesquisa como um todo.

A partir do momento em que você define o seu objeto de pesquisa, o tema que você deseja compreender, é preciso selecionar o tipo de abordagem que irá utilizar para aprofundar os conhecimentos sobre ele. É aí que entram os tipos de pesquisa.

Quer entender o que é pesquisa exploratória? Então continue lendo esse artigo para saber mais!

 

O que é pesquisa exploratória?

A pesquisa exploratória assume, em geral, as formas de pesquisas bibliográficas e estudos de caso. É um levantamento bibliográfico sobre o assunto. Prodanov e Freitas (2013, p. 53).

Nada mais é do que uma das muitas modalidades de pesquisa científica. Ela corresponde a concretização de um estudo para fazer com que a pessoa que o está investigando, ou seja, o pesquisador, ganhe maior familiaridade com o objeto que está sendo analisado.

Ela é feita de modo que o pesquisador se torne mais próximo do mundo do seu objeto de pesquisa e forneça oferece informações, além de orientar a elaboração das hipóteses do estudo em questão.

A pesquisa exploratória igualmente permite ao pesquisador selecionar as técnicas mais apropriadas para o seu trabalho, a fim de que ele seja capaz de decidir a respeito das questões que precisam de uma maior atenção nesse processo investigativo.

Por intermédio da pesquisa exploratória, é plenamente possível conseguir explicações sobre os fenômenos que, de início, não eram aceitos pelos outro estudiosos, ainda que se apresentasse diversas evidências.

Além disso, com ela se descobre fenômenos completamente novos e formulam-se novas ideias e novas hipóteses.

A metodologia utilizada na pesquisa exploratória abrange muito mais que o levantamento bibliográfico. Ela envolve também entrevistas com pessoas peritas em determinado assunto, pesquisas de campo e investigação de outros exemplos que ajudem no entendimento do assunto.

Em termos mais estritos, pesquisa exploratória tem como papel o preenchimento das lacunas que normalmente surgem em um estudo.

Ela irá proporcionar dados e informações que aumentarão a familiaridade do pesquisador com o tema da pesquisa.

Na maior parte das vezes, as pesquisas exploratórias são dotadas de métodos mais flexíveis, sem a utilização de questionários minuciosos ou amostragens excessivamente complexas. Conforme já foi citado, o intuito é obter informações e não levantar conclusões estatísticas.

A pesquisa exploratória é elaborada sobre um problema de pesquisa cujo tema geralmente  possui pouco ou nenhum estudo prévio. A intenção dessa modalidade de estudo é sair em busca de padrões, procurar ideias ou descobrir hipóteses. O objetivo não é testar ou comprovar uma certa hipótese, e sim fazer descobertas.

As técnicas tradicionalmente utilizadas para a pesquisa exploratória consiste nos famosos estudos de caso, as análises históricas. Os resultados oriundos dela normalmente produzem dados qualitativos ou quantitativos. Ela fará a avaliação de quais teorias ou concepções existentes podem ser implementadas em uma determinada questão ou se é necessária a construção de novas teorias e métodos.

dicas para pesquisa exploratória

 

Quais as diferenças entre pesquisa exploratória e pesquisa descritiva?

No que concerne às diferenças entre pesquisa exploratória e pesquisa descritiva, destacamos as seguintes:

Pesquisa exploratória

A pesquisa exploratória procura, por meio de suas metodologias e critérios, aproximar-se do objeto pesquisado. Ainda se tem poucas informações a respeito do assunto.

É algo introdutório, feito no começo do desenvolvimento da pesquisa. Essa é a primeira das diferenças entre pesquisa exploratória e pesquisa descritiva.

 

Pesquisa descritiva

Uma das maiores diferenças entre pesquisa exploratória e pesquisa descritiva é que na pesquisa descritiva o estudo é bem mais minucioso, recheado de detalhes, contando também com o levantamento dos dados, a análise dos mesmos e a interpretação desses dados.

Aqui são gerados dados mais qualitativos e sobretudo quantitativos.

 

Quais são as diferenças entre pesquisa exploratória e pesquisa explicativa?

Existem algumas diferenças entre pesquisa exploratória e pesquisa explicativa. A compreensão disso fará com que a aplicação de ambas sejam mais bem sucedidas e frutíferas.

As principais diferenças entre pesquisa exploratória e pesquisa explicativa são:

Pesquisa exploratória

Pesquisa mais “superficial”, sem maior profundidade, com a função de uma tomada de conhecimento inicial sobre um determinado assunto. Trata-se de uma busca por dados e informações, de uma sondagem primária.

 

Pesquisa explicativa

Agora, por outro lado, entre as grandes diferenças entre pesquisa exploratória e pesquisa explicativa é que a pesquisa explicativa, além de promover um estudo bem mais profundo, igualmente mistura aspectos teóricos e práticos no desenrolar da pesquisa.

Como pode ser apreendido a partir do próprio nome, esta modalidade de pesquisa tem como principal objetivo de explicar a causa das coisas.

A pesquisa explicativa constitui-se em uma forma mais minuciosa de estudo, por essa razão é habitualmente classificada como uma fase avançada das pesquisas descritivas e exploratórias.

 

Como fazer pesquisa exploratória?

Ter ciência de como fazer pesquisa exploratória é importante para saber selecionar a metodologia mais apropriada a cada tipo de objeto estudo e de contexto. Há diversas técnicas e metodologias para essa finalidade, cada qual com suas particularidades e seus estilos de resultados.

Alguns dos modos de como fazer pesquisa exploratória são:

1. Observação

Um dos meios mais comuns usados por quem aprende como fazer pesquisa exploratória é a observação. O intuito é simplesmente observar o objeto estudado. Isso pode ser realizado  dentro de um laboratório ou então em campo. Pode-se ainda promover uma manipulação ou não do cenário.

 

2. Etnografia

O pesquisador efetua um longo acompanhamento da vida cotidiana do grupo que está sendo estudado, além de se misturar com entrevistas e observações.

 

3. Entrevistas

A pessoa responsável pela entrevista conversa com uma pessoa de cada vez, levando em consideração todo um roteiro pré-estabelecido. Contudo, a sequência de perguntas e apontamentos vão sendo feitos de acordo com as respostas do observado.

 

4. Levantamento bibliográfico

Procura-se, por meio da Internet, em sites como Google, Google Acadêmico, agregadores de periódicos científicos, jornais, revistas ou nos próprios terminais das instituições um material de cunho bibliográfico, ou seja, livros, revistas e assim por diante, que versem sobre o tema estudado.

dicas para fazer a pesquisa

 

Exemplos de pesquisa exploratória

Os exemplos de pesquisa exploratória podem ser os mais variados possíveis. Tudo irá depender diretamente do tipo de método usado para se abordar o objeto de estudo.

Um dos muitos exemplos de pesquisa exploratória é esse: imagine que se pretende fazer um estudo histórico que vise compreender a mentalidade e memória das pessoas a respeito de um determinado acontecimento histórico, como as torturas cometidas dentro do DOI-CODI e do DOPS, por exemplo.

Para isso, uma das coisas que devem ser realizadas são entrevistas com gente que foi torturada nesses dois locais supracitados. Prepara-se previamente as perguntas, sonda-se as pessoas e colhe-se esses depoimentos, para uma posterior análise e contextualização.

Outro dos exemplos de pesquisa exploratória é a compreensão da representação feminina na literatura da Idade Média. Para essa finalidade, o primeiro passo é fazer um levantamento bibliográfico do máximo de pessoas possíveis que estudaram sobre isso e também de fontes da época para uma análise de fonte primária.

 

Entendendo o que é pesquisa exploratória

É bem simples de entender o que é pesquisa exploratória, ainda mais quando se compreende as diferenças entre ela e os demais tipos de pesquisa. Ela é essencial para que sejamos capazes de nos munir de informações suficientes para dar prosseguimento na pesquisa.

Isso ajudará, sem sombra de dúvida, na elaboração de todas as partes do TCC e da escrita como um todo. Aliás, para descobrir como fazer um TCC, visite o site Projeto Acadêmico. Lá você encontra dicas imperdíveis para fazer um TCC genial!

Pós e MBA à distância

Você quer fazer uma pós ou MBA em uma das melhores instituições de ensino do Brasil? 
Separamos para você os melhores cursos à distância da PUCRS. Todos os cursos são reconhecidos pelo MEC e com certificado.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEMANA DO TCC: Aulas online GRÁTIS!

Nesta semana mostrarei Como fazer um Projeto de Pesquisa do Inicio ao Fim. Custe o que custar! Vagas limitadas