Veja Como Fazer uma Resenha Crítica Incrível

Fazer o texto da resenha crítica não envolve grandes mistérios. Prossiga lendo este artigo que você perceberá que é mais fácil do que imagina.

A resenha crítica é algo muito solicitado e comum no dia a dia dos acadêmicos, mas muitas vezes gera dúvidas sobre sua elaboração. Este artigo visa auxiliar você a elaborar a resenha crítica com maestria.

 

Como fazer resenha crítica segundo as normas da ABNT para trabalhos acadêmicos?

As normas da ABNT sempre visam criar diretrizes padronizadas para as mais variadas funções e também produtos e serviços.

Com textos acadêmicos não seria diferente não é mesmo?

O texto da resenha crítica também deve seguir as normas propostas por esta entidade, de forma a facilitar a vida do acadêmico e também de quem lê ou corrige e orienta estes trabalhos.

O primeiro passo para elaborar a resenha crítica corretamente é saber diferenciá-la de outra tipologia textual muito parecida, o resumo crítico.

modelo de resenha UFF

 

Diferenças entre Resenha crítica e Resumo crítico

Ao elaborar a resenha crítica, precisa-se ter em  mente que ela não é igual ao resumo crítico, apesar de ambos possuírem características parecidas. Resenha crítica e resumo crítico são irmãos, mas não gêmeos! Ficou claro?

Vamos a eles:

 

Resenha:

É um texto elaborado com o intuito de apresentar ou mesmo descrever um produto, uma obra literária ou científica, dando um parecer favorável ou não a ele.

Além destas opções, você pode fazer uma resenha sobre os mais diversos itens: eventos, músicas, filmes, restaurantes, aquilo que desejar. Os tipos de resenha são subdivididos em:

  1. Resenha descritiva;
  2. Resenha crítica, o objeto do nosso artigo.

 

Resumo:

Esta tipologia de texto pretende em seu conteúdo elaborar uma síntese das ideias principais e das ideias secundárias de um outro texto base, ou mesmo rememorar passagens que o autor do resumo julgar relevantes. Classificam-se em três tipos:

  1. Resumo descritivo ou indicativo;
  2. Resumo analítico ou informativo;
  3. Resumo crítico.

Fácil diferenciá-las não é mesmo? Agora que você distinguiu corretamente resenha crítica e resumo crítico, passemos agora para as dicas de elaboração da primeira.

 

Criando o texto da resenha crítica

As resenhas críticas são um dos tipos de trabalhos acadêmicos mais solicitados pelos professores. Porém, apesar de ser tão difundida no meio acadêmico, é comum ver pessoas com dúvidas quanto à sua elaboração, já que muitos profissionais da educação tem dificuldades em explicar corretamente do que se trata.

Ao elaborar a resenha crítica, tenha em mente que é um texto em forma de síntese cujo objetivo central é expressar a opinião do autor. O texto da resenha crítica deve ser um guia para o leitor, pormenorizando para ele se o objeto da resenha é digno de leitura, uso ou visitação, de acordo com o objeto analisado na resenha.

Sendo um texto sintético ou resumido, como preferir chamar, a resenha deve ir direto ao ponto chave, discorrendo no texto algumas passagens passíveis e relevantes de descrição, com momentos em que o autor aplica sua opinião, de forma concisa e direta.. Se você conseguir conseguir equilibrar de forma satisfatória esses dois contrapontos sua resenha ficará perfeita.

As normas da ABNT para trabalhos acadêmicos sempre orienta que apesar de ser um gênero textual direto e breve, ao se pensar em como fazer uma resenha crítica não se pode pecar pela superficialidade do texto. A resenha precisa apresentar ao leitor as características do objeto resenhado, independente de serem negativas ou positivas.

Use de argumentos quando for necessário e nunca (nunca mesmo) se utilize de expressões coloquiais em primeira pessoa (“Eu”), já que os textos científicos devem ser sempre escritos na terceira pessoa, de forma impessoal, mesmo que a resenha esteja dando um parecer pessoal seu.

modelo de resenha critica

 

Modelos e exemplos de resenha crítica

 

Características imprescindíveis no texto da resenha crítica

Tanto a resenha crítica e resumo crítico, ou qualquer outro texto acadêmico que seja escrito dentro das normas ABNT para trabalhos acadêmicos, deve possuir linguagem simples (mas não coloquial), clareza nas definições, coesão e coerência, vocabulário preciso e sem redundâncias, objetividade e impessoalidade, conforme dito acima.

Uma resenha crítica baseia nos seguintes pilares: imparcialidade, cientificidade, essencialidade.

O texto da resenha crítica deve sempre ser pautado na imparcialidade, sem exageros apaixonados (eu amei, eu odiei), o resenhista deve ser um juiz neutro, mostrando os aspectos positivos e os negativos também.

A cientificidade também é importantíssima, já que todo trabalho acadêmico deve ter cunho científico, observando a objetividade e impessoalidade, conforme normatiza a ABNT.

A essencialidade prima por expor apenas o que é relevante sobre o objeto da resenha, poupando o leitor de detalhes desnecessários ou pormenores pouco relevantes.

 

Passos para elaborar a resenha crítica perfeita!

Inicie identificando a obra, incluindo dados bibliográficos ou que sejam importantes sobre o objeto da resenha. Após, situe o leitor, descrevendo o panorama geral resumidamente do conteúdo, descrevendo a estrutura: em quantos capítulos a obra se divide, qual o foco narrativo, número de páginas, etc…

Use de 3 a 5 parágrafos para resumir claramente o texto ou a obra que gerou a resenha, analisando de forma crítica ao final, argumentando, comparando e explicando o por que da opinião que você teve. Use de senso crítico e ponderação nesta parte.

Faça uma recomendação da obra de acordo com o público alvo para quem ela é dirigida, se a obra é relevante e útil e para qual grupo social ela é importante ser lida.

Fale sobre o autor da obra resenhada de maneira breve, dados sobre a vida deste e obras relevantes escritas, e finalize com a sua identificação, por exemplo: HELOÍSA NEVES SILVEIRA, Acadêmica do Curso de Engenharia Ambiental da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

 

Dicas para o texto da resenha crítica

Ao ler a obra, analisar o filme ou evento, enfim, o objeto a ser resenhado, lembre-se de sublinhar, anotar pontos, reler ou rever o livro ou a obra, estabelecer esquemas e mapas conceituais do conteúdo, de forma a selecionar as informações mais relevantes e importantes para sua resenha.

Se necessário, pesquise outras fontes que embasam sua opinião e suas considerações sobre a obra.

Sobre o tamanho da resenha, a ABNT não prevê uma regra quanto ao número de parágrafos, porém, evite uma resenha com tamanho inferior a 2 páginas, principalmente se for uma resenha de nível universitário. O tamanho também varia de acordo com o material resenhado.

Cuide para não expor todo o conteúdo do livro, a resenha crítica deve apenas dar uma ideia sobre a obra, de forma que o leitor sinta-se ou não impelido a lê-la, já que a resenha funciona como um guia para selecionar se um conteúdo é relevante para quem está lendo a resenha.

Percebeu como é fácil? Nada de dores de cabeça para elaborar sua resenha crítica. E sempre que você precisar de orientações sobre textos, TCC e outros assuntos, acesse o Projeto Acadêmico.

Pós e MBA à distância

Você quer fazer uma pós ou MBA em uma das melhores instituições de ensino do Brasil? 
Separamos para você os melhores cursos à distância da PUCRS. Todos os cursos são reconhecidos pelo MEC e com certificado.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEMANA DO TCC: Aulas online GRÁTIS!

Nesta semana mostrarei Como fazer um Projeto de Pesquisa do Inicio ao Fim. Custe o que custar! Vagas limitadas